Imposto de Renda 2021 Quem deve Declarar?

O imposto de renda é uma das tributações do Brasil, que é necessária ser paga todos os anos ao Governo Federal, de acordo com o nível de renda individual de trabalhadores, pensionistas, ou beneficiados por fundos, benefícios, ou qualquer outra forma de remuneração. Mas, você sabe quem deve declarar o imposto de renda? Para saber todas as informações sobre quem deve declarar imposto de renda, acompanhem esse texto com a gente e saiba mais sobre esse assunto.

Quem deve declarar imposto de renda? Confira abaixo a lista de obrigações de participação do Imposto

Quem deve declarar imposto de renda? Confira abaixo a lista de obrigações de participação do Imposto


Imposto de Renda 2021

A Receita Federal é o órgão responsável pelo Imposto de Renda, um documento de caráter obrigatório para uma série de pessoas.

O dinheiro recebido das arrecadações do Imposto de Renda é administrado pelo Ministério da Fazendo e depois encaminhado ao Governo Federal.

Em alguns casos, a realização da declaração Imposto de Renda 2020 é isenta. Logo abaixo você poderá entender mais sobre o IRPF.


Quem deve declarar imposto de renda 2021

Se você está se perguntando quem deve declarar imposto de renda, saiba que devem declarar, sobre pena de prisão, os seguintes grupos de pessoas:

  • Pessoas que tiverem um rendimento no ano com valor maior que R$ 28.000,00. Assim sendo, aqueles que tem um salário mais alto que R$ 2.000,00 mensais. Esse pagamento é de caráter obrigatório para diminuir a desigualdade, pois dessa forma, as famílias com renda mais baixa não precisam pagar o imposto ao Governo;
  • Aqueles que tiverem rendimentos não tributáveis mais altos que R$ 40.000,00. Os rendimentos não tributáveis é o lucro líquido, onde você não precisa pagar nenhuma porcentagem do mesmo ao Governo.

Consulte o INSS para conferir os seus valores tributáveis pelo IRPF 2021.

Entre os rendimentos não tributáveis podemos citar:

  • Vale Transporte;
  • Vale Alimentação;
  • Abono de Férias;
  • Bolsas de Estudos;
  • Entre outras coisas.

Clique e confira a tabela de imposto de renda 2021 alíquotas e tributação atualizada

* Vale lembrar que a não declaração de valores, no caso de se enquadrar na obrigatoriedade de declarar o IR é considerada crime, punível com multa e detenção de até 2 anos em regime fechado.

**Para pessoas jurídicas, incide o IRPJ 2021 – Imposto de renda sobre Pessoa jurídica, que possui regras diferenciadas em relação ao IRPF 2021.


Rendimentos mensais para obrigatoriedade do Imposto de Renda

Se você possui uma renda mais alta que 40 mil reais, é preciso declarar o imposto de renda e pagar a taxa exigida pelo Governo Federal.

  • Se o rendimento mensal de uma pessoa que trabalho no campo foi um pouco menor que R$ 12.000,00, ou seja acima de R$ 128.308,50, é preciso declarar o imposto de renda.
  • Todo investimento na Bolsa de Valores é tributado, ou seja, se você investiu terá que contribuir com a Receita Federal.
  • O produto rural só pode ficar dois anos sem pagar o imposto de renda se ele receber menos que R$ 128.000,00 ao ano. Caso contrário deverá declarar o imposto.
  • Pessoas que tiverem imóvel ou terra no valor acima de R$ 300.000,00 devem realizar a declaração do imposto de renda.

Esses são os casos de declaração obrigatória do imposto de renda? Tem mais alguma dúvida sobre esse tema, deixem seus comentários, sugestões e dúvidas abaixo e venham participar desse post junto com a gente.


Como fazer a Declaração do Imposto de Renda 2021?

Quem for obrigado a realizar a declaração do imposto de renda pode escolher a maneira que deseja realizar esse processo. As opções são:

Declaração do Imposto de Renda pelo Computador

Ao optar por esse processo você deverá inicialmente fazer o download do programa no seu computador. Esse programa foi desenvolvido pela Receita Federal, com a intensão de facilitar a declaração do Imposto de Renda.

Confira como instalar o programa e declarar o seu IRPF:

  • Por aqui, você pode acessar o site da Receita Federal;
  • Selecione dentre as opções disponíveis;

  • Agora você deverá realizar o download do programa “IRPF”;
  • Após a conclusão da instalação já sera possível iniciar o processo da declaração clicando em “Criar nova declaração”;

  • Nesse momento você deverá escolher entre as opções: “Importar declaração”, “Criar nova sem importar” ou “Obter ajuda sobre dados que serão importados”;

  • Após selecionar uma das opções, chegou o momento de informar os seus dados pessoais;

  • Ao fim, você deverá conferir os dados informados;
  • E clicar em “Entregar Declaração”.

Declaração do Imposto de Renda pelo Aplicativo

A outra opção apresentada é pelo aplicativo. A declaração realizada pelo APP IRPF é considerada mais simples de ser feita, pois o aplicativo é de fácil manuseio.

Se o seu smartphone possui um dos seguintes sistemas operacionais será possível realizar a declaração pelo aplicativo:

  • Android ou;
  • iOS.

A instalação do IRPF é feita na loja de aplicativos do seu celular.

  • Basta buscar por “IRPF 2021”;
  • Clicar em “Instalar”;

  • Após o download do APP;
  • Informe os dados necessários para a realização da declaração;
  • Clique em “Fazer Declaração”;

  • Agora selecione se você deseja “Criar ou continuar sua Declaração”;
  • Por fim, selecione “Fazer a declaração”.

Continue lendo: Veja como recuperar o recibo da entrega do IRPF 2021


Documentos Necessários para a declaração IRPF 2021

Para a realização da declaração do Imposto de Renda é necessários alguns documentos pessoais e financeiros do contribuinte. Abaixo você pode conferir quais são eles:

Documentos Pessoais:

  • CPF;
  • Número do RG;
  • Conta bancária;
  • Aqueles que possuam registrados em seu nome veículos, número do licenciamento;
  • E os que tiverem registro de imóveis no nome o número de matrícula do imóvel.

Documentos Financeiros:

  • Doações feitas;
  • Dívidas e Obrigações;
  • Pensões e aposentadorias;
  • Valor da renda variável;
  • Salários e vencimentos;
  • Documentos de posse;
  • Recibos de pagamentos.

Diferença entre o IRPF e IRPJ

Muitas pessoas não entendem a diferença entre o IRPF e IRPJ, mas ela é muito importante no momento da declaração do Imposto de Renda.

O IRPF são as pessoas físicas e o IRPJ as pessoas jurídicas – no caso empresas. É importante tomar cuidado no momento da declaração de proprietários de empresas, pois os seus rendimentos não são os mesmos da empresa.

Imposto de Renda para Pessoa Física

A declaração do imposto de renda para pessoas comuns pode ser feito de diferentes formas. Uma delas é diretamente pelo valor retido na fonte, ou seja, pelo IRRF.

Há ainda a possibilidade de declarar o imposto de renda por meio da DIRP – Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda.

Imposto de Renda para Pessoa Jurídica

Além de empresas outras instituições também se enquadram em pessoas jurídicas, como:

  • Cooperativas;
  • Fundações;
  • Igrejas;
  • Órgãos do Governo;
  • Partidos políticos;
  • Sociedades.

Nesses casos, a declaração é feita somente de uma maneira, por meio do IRPJ 2021.


Restituição do Imposto de Renda 2021

Depois da realização da declaração todos os contribuintes são restituídos com determinado valor. Em alguns casos é possível que o valor restituído cresça. Isso acontece nas seguintes situações:

  • Cirurgia plástica por conta de problemas de saúde;
  • Gastos imobiliários;
  • Doações para instituições beneficentes;
  • Aparelhos especiais como cadeira de rodas;
  • Exames e consultas;
  • Custos com fisioterapeutas e psicologia;
  • Custos com pagamento de funcionários;
  • Custos com educação, como graduação;
  • Custos com saúde internacionais;
  • Custos de próteses;
  • Custos dentários, como implantes;
  • Mensalidade escolar e matrícula até o ensino médio;
  • Planos de previdência e saúde;
  • Despesas com pensão alimentícia.

Para saber o valor da restituição e quanto você irá recebe-la é possível fazer uma consulta pelo site da Receita Federal.

Veja como:

Consulta Restituição IRPF 2020

Consulta Restituição IRPF 2020


Pagamento da Restituição do Imposto de Renda

As restituições são pagas a cada mês, iniciando seu pagamento em junho de cada ano. A restituição é dividida em lotes, os quais são divulgados por um tabela pela Receita Federal. Confira:

Lote Data
17/06/2021
15/07/2021
15/8/2021
16/9/2021
15/10/2021
18/11/2021
16/12/2021

*Datas estimadas de acordo com anos anteriores. Portanto, quando forem divulgadas as datas oficiais, atualizaremos.


Isenção do Imposto de Renda 2021

Como dito no início do post, é possível que a declaração do Imposto de Renda seja isenta para algumas pessoas. Para ter direito a isenção é preciso seguir alguns requisitos e ser aprovado pela Receita Federal.

Isenção de Imposto de Renda 2020

Isenção de Imposto de Renda 2020

Veja em quais situações é possível solicitar a isenção do imposto:

Pessoas afetadas com alguma das seguintes doenças:

  • Tuberculose Ativa;
  • Paralisia incapacitante e irreversível;
  • Parkison;
  • Paget em estado avançado;
  • Neoplasia Maligna;
  • Infecção por Radiação;
  • Hanseníase;
  • Hepatopatia Grave;
  • Fibrose Cística;
  • Esclerose Múltipla;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Cegueira;
  • Cardiopatia Grave;
  • AIDS;
  • Alienação Mental.

Além dos casos acima, o trabalhador também pode ficar isento se:

  • Receber um salário mensal que chegue até R$ 1.903,98;
  • Possuir uma renda mensal tão alta, que não seja possível realizar o cálculo com determinado valor.

Comprovação de Isenção

Para se tornar isento mesmo se encaixando em algum dos requisitos acima é preciso comprovar sua renda ou então que possui tal doença. No segundo caso é preciso consultar um médico do Ministério da Saúde e União que lhe forneçam um laudo comprovatório.

Logo em seguida você deve se dirigir a Receita Federal e no momento que for realizar a declaração, deve solicitar a isenção da mesma.


Tabela do Imposto de Renda 2021

Todos os anos a Receita Federal libera a tabela de alíquota do imposto de renda. Para que assim, seja possível consultar o valor da contribuição de cada pessoa.

Existem dois tipos de tabelas, a do IRRF e a de alíquota mensais do IRPF. Confira:

Tabela Anual de alíquotas IRRF 2020
Base de cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRRF (R$)
Até R$ 22.847,76
De R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80 7,5% R$ 1.713,58
De R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60 15% R$ 4.257,57
De R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16 22,5% R$ 7.633,51
Acima de R$ 55.976,16 27,5% R$ 10.432,32
Tabela Mensal de alíquotas IRPF 2020
Base de cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF (R$)
Até R$ 1.903,98
De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 7,5% R$ 142,80
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05 15% R$ 354,80
De R$ 3.751,06 até R$4.664,68 22,5% R$ 636,13
Acima de R$ 4.664,68 27,5% R$ 869,36

Malha Fina Imposto de Renda 2021

Todos aqueles que realizam a declaração Imposto de Renda devem cuidar o momento de informar os dados, para que não haja nenhum erro.

A Malha Fina do Imposto de Renda é quem faz o acompanhamento da declaração do imposto de renda, caso haja tentativas de fraudes e erros a mesma que faz a correção.

No caso de erros, você deverá pagar determinado valor sobre multas do Imposto de Renda 2020. Se você ficou preocupado, pode consultar se caiu na Malha Fina ou não:

  • Entre no site do eCAC;
  • Informe os dados necessários para consulta;
  • Agora você já pode conferir se realizou a declaração do imposto de renda de forma correta.


Imposto de Renda 2020 Atrasado

A declaração do Imposto de Renda possui um prazo para ser realizada, caso você deixe o mesmo passar terá de pagar multas com juros de até 20% sobre o valor inicial.

O valor com os 20% de juros será aproximadamente R$ 165,74.